Buscar
  • Sabrina Salles

UMA CORTINA PARA CADA AMBIENTE


Elas são uma das responsáveis por garantir aconchego, conforto e elegância ao ambiente. Mas, além de deixar o ambiente mais belo, as cortinas possuem praticidade: oferecem conforto visual, protegem e equilibram a entrada de luz e a circulação do ar.


Mas, nem sempre é fácil escolher a cortina ideal para cada espaço. Seja no quarto, na sala de estar ou na cozinha, existem diferentes tipos de cortina para cada lugar da casa.


Tipos de cortina:


- Romana: tradicional, possui um corte reto e é sofisticada e elegante. Possui sistema de recolhimento horizontal ideal para janelas. Ideal para sala e quartos.


- Painel: ela é composta por painéis de tecido, presos a trilhos que correm no sentido horizontal. São ideais para quem tem grandes portas e janelas de vidro em casa. Luxuosas, essas cortinas vão bem em qualquer ambiente.


- Rolô: uma cortina simples e prática. Como o próprio nome diz, seu sistema de acionamento é simples e funcional, enrolando ou desenrolando a cortina sempre que necessário. Geralmente, usada em Sacadas, varandas, escritórios e dependendo do estilo, em quartos.


- Persiana Horizontal: a praticidade das persianas é o ponto forte. São fáceis de instalar, simples de limpar, podem ser de diferentes de materiais, como madeira ou alumínio. Práticas e funcionais, são mais indicadas para banheiros, escritórios, cozinhas e quartos de crianças.


- Tecido: são as mais tradicionais, que cabem em todos os ambientes. Possuem diversas possibilidades de tecidos, cores e modelos: franzida, prega americana, prega macho, ilhós, wave entre outros modelos.



E já que eu falei em tecido, listei os mais utilizados:


- Seda: delicado, a seda tem baixa condutividade térmica mantendo o ambiente quente no inverno e fresco no verão. Extremamente nobre, dá um toque de sofisticação à cortina.


- Voal: leve e fino, o voal pode ser vazado, amassado e bordado, mas bem tradicional, usados em ambientes onde é interessante deixar a claridade entrar.


- Linho: um clássico, é nobre e, ao mesmo tempo, tem uma aparência natural. Ele agrega elegância à decoração. É ainda usado de forma combinada com outros tecidos mais leves como o voal e a seda.


- Sarja: mais encorpada e bem estruturada, ela é usada nos espaços mais informais e despojados.


Para as salas, as cortinas leves garantem delicadeza à decoração, o comprimento longo garante fluidez e sutileza. Para as salas de TV, aposte tecidos de blackout para dar aquele ar de cinema, na hora de ver o filme.


Para garantir sofisticação e descanso nos quartos, as cortinas são normalmente mais encorpadas e até mesmo o tecido blackout, justamente para manter a luminosidade externa baixa. Nos banheiros, elas podem ser usadas para quebrar a luminosidade e criar um ambiente com mais privacidade, elas têm o tamanho exato das janelas. As persianas de alumínio ou de painel são boas opções.


Para as cozinhas e lavanderias, que precisam além de tudo de funcionalidade, pode apostar em cortinas do tipo rolô ou painel para diminuir a incidência do sol.


E qual a sua favorita?


Fotos: Julia Herman/Kadu Lopes


#arquitetura #sabrinasalles #cortinas #vestirasjanelas



29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo