Buscar
  • Sabrina Salles

Quem são os designers para ficar de olho em 2021

Estou sempre atenta ao mercado, tendências e lançamentos, mas meu foco também são os designers. Tenho verdadeira adoração por conhecer os criadores das peças que compõem a casa dos nossos clientes. Busco saber a história deles e pesquiso o tempo todo novos nomes e novos produtos. Com isso, conseguimos ter maior embasamento para conversar com o cliente e fazer com que ele se encante com a história e com a peça.


Selecionei quatro nomes de prestígio nacional para serem observados em 2021:


1. Ana Neute

Formada em arquitetura, foi ao fim da graduação que Ana Neute descobriu sua verdadeira paixão e vocação: as esculturas. Unir o tecnicismo do mundo arquitetônico ao aspecto lúdico das artes foi o seu maior desafio. A solução foi encontrada no design de produtos, mais especificamente nas luminárias. Sugestão que também veio de sua mãe e logo se tornou o foco do trabalho da jovem profissional.

De lá para cá, seu salto criativo pode ser facilmente observado em suas peças, com a arte e o design conversando de forma minimalista e funcional.




2. Bruno Faucz


Bruno Faucz é catarinense, cresceu com um papel e um lápis sempre à mão, fascinado pelo universo criativo. Formado em Design de Mobiliário desde 2007, é pós-graduado em Master Design Internacional. Vivenciou o design dentro da indústria por 7 anos, tempo em que aplicou o design efetivamente dentro de uma visão aplicada a produção.

Viajou o todo Brasil pesquisando os aspectos ligados ao "momento de compra". Visita eventos nacionais e internacionais para acompanhar tendências e direcionamentos de mercado. Em 2013 Bruno iniciou o próprio Studio de Design, que é baseado em três pilares: Mercado – Indústria – Design, buscando sempre trazer produtos que sejam completos em todas as suas etapas, desde a produção até o uso cotidiano na casa das pessoas. No primeiro ano foi convidado a expor nas semanas de design em São Paulo, Nova York e Paris.

3. Murilo Weitz


Sem medo de explorar novas possibilidades, o designer brinca com diversos materiais em diferentes criações. Formado em arquitetura, ele deu seus primeiros passos no design em 2015, quando foi convidado por amigos a criar tapetes para um ambiente de uma mostra de decoração.

Desde então, o designer está sempre estudando diferentes materiais e pesquisando novos formatos. Nessa busca, surgem inusitadas combinações e nasce seu processo criativo. Longe de ser linear, ele tem multiversões. O traço marcante é o desejo de fugir do tradicional para atender à diversidade de públicos com a delicadeza que permeia todo seu trabalho.


4. Rapha Preto


A criatividade sempre esteve ligada à história de Rapha Preto e talvez ela tenha sido determinante no resultado eclético de seu trabalho que, aliás, foi permeado por muitas etapas até a definição completa nas áreas de arte e design. O designer conta com o estúdio Black Iron Design, onde desenvolve projetos personalizados e a sua linha assinada, com obras de arte, esculturas, decoração e mobiliário, tendo em sua maior parte a utilização do aço. Além disso, desenha para outras marcas e realiza palestras para faculdades de arquitetura e design e para eventos do setor.


Estou super atenta às criações de cada um deles, vamos esperar as novidades para 2021!!

Fotos: Divulgação

44 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo